Novidades

Contribuição mensal do MEI terá reajuste a partir de fevereiro

 

Quem tem seu próprio negócio e aderiu ao Regime Tributário MEI (Microempreendedor Individual) deve ficar atento para um aumento. A partir de fevereiro o valor atual de R$ 60,60 do recolhimento mensal passará a ser R$ 66,00 (comércio e indústria).

Isso ocorre devido ao reajuste do salário mínimo, que passou a ser R$ 1.320 a partir de 1º de janeiro. O valor recolhido para o INSS no Documento de Arrecadação Simplificada do MEI (DAS-MEI) corresponde a 5% do salário mínimo.

Os microempreendedores que exercem atividades ligadas ao comércio devem pagar também outra taxa: R$1 a mais, por causa do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Já aqueles que prestam serviços têm que pagar R$ 5 extras referente ao ISS (Imposto sobre Serviços), totalizando R$ 71,00.

Quais consequências se não pagar?

O não pagamento do DAS anula o registro de pessoa jurídica depois de dois anos de inadimplência. Isso vai deixar o empresário sem CNPJ, e não vai poder mais passar notas fiscais. Isso também coloca o nome de microempreendedor na lista de dívidas ativas com a União. Ou seja, dificulta na hora de conseguir crédito no banco ou na hora de financiar um carro.

Mais: junto com a irregularidade no INSS, os benefícios previdenciários vão por água abaixo. Quem não estiver com pagamento em dia pode perder acesso a salário-maternidade, auxílio-doença, aposentadoria e etc.

Fonte: Jornal Contábil

Últimas Notícias

A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que os...
Nessa semana, o C. STJ proferiu Acórdão conectando a lei de LGDP...
O decreto que elimina a GIA foi publicado nesta quinta-feira (16) no...
plugins premium WordPress